segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Setembro


"A gente começa com janeiro e quando chega setembro, percebe que nunca começou." 

Ah, Setembro... Lá vamos nós hein?! 

Setembro é o mês da primavera, mas já que não há primavera no Ceará, Setembro traz consigo flores não convencionais... 

Ao pensar em Setembro recordo-me de pessoas que passaram por mim e conseguiram levar um pouco de mim e deixaram um pedacinho delas em meu coração. Normalmente em Setembro também descubro algum músico maravilhoso e dedico um bom tempo às suas canções, a deste ano é a talentosíssima Julieta Venegas. Ao pensar em Setembro me vêm na lembrança lágrimas, elas não têm nada haver com o trágico 11/09/01, elas tem sempre haver comigo, só faz 11 dias que o mês começou e eu já chorei mais do que chorei em agosto! Talvez setembro também tenha haver com tomada de consciência, é a época que, inconscientemente, escolho para refletir as bobagens que fiz, é hora de refazer promessas que quebrei a mim mesma, me organizar, e tentar deixar toda a raiva, rancor e chateação irem embora. É, talvez seja por isso que sempre choro muito em Setembro... 

Mas este Setembro já não é tão igual aos passados. Eu já percebi pequenas mudanças, que por mais tolas que possam parecer me deixam feliz e me dão esperança. Então, resolvi que neste Setembro vou me dar mais uma chance:
  • Eu vou voltar a escrever com mais frequência, talvez assim eu me entenda melhor. Eu quero escrever a maioria das coisas que sinto e que penso. Se algo pede de mim dedicação e/ou tempos de reflexões mentais, tentarei transformar em palavras, por aqui. E eu não vou me importar se alguém vai ler o que escrevo. Percebi que me satisfaço quando EU gosto do que escrevo. E só em escrever já estarei mais leve, estarei tirando do peito algumas angustias que me atormentam em horas improprias e não me deixam amar ao próximo. Vou até andar com um caderninho e caneta, pra não ser traída pela memória.
  • Eu vou traçar metas para mim. Faz muito tempo que deixei de fazer lista de objetivos e desejos, porque eu nunca conseguia cumpri-las, muito pelo contrário, eu sempre me afastava mais e mais do que estava escrito. Então estou me desafiando a buscar uma solução para esse revés e a começar a conquistar minhas metas, começando por essa! 

"Abram a gaiola do pensamento! Deixem a alma passear pelo céu de setembro!"

(per)seguidores

No Google+