terça-feira, 16 de julho de 2013

Por que que a gente é assim?


"Canibais de nós mesmos
Antes que a terra nos coma
Cem gramas, sem dramas
Por que quê a gente é assim?"

Não mãe, eu não tô usando drogas, eu só tô pensando.
Eu penso muito. Demais. Todo tempo. Eu procuro sempre arrumar uma explicação para o que eu faço, eu sinto, eu sou. Eu preciso disso pra me conhecer melhor.
Mas às vezes o pensamento me carrega pra regiões que eu ainda não estou pronta pra explorar e esse desconhecido, essa angústia tão conhecida, me afoga.
Eu me afogo no meu próprio pensar. Sozinha eu e consigo ser feliz, satisfeita, amorosa e até apaixonada, mas também sozinha transformo dia agradável em um dia melancólico, difícil, indecifrável.
Talvez, se eu não pensasse as coisas fossem mais simples. Qual o problema de se render ao eterno "deixar para lá"?
Não...
Comigo não. Já existem coisas mal resolvidas e deixadas de lado na minha vida, se eu fizer isso com os meus pensamentos como me conhecer? Como me entender? Como levar adiante todo o resto se não consigo levar algo que faz parte de mim?
Por que que a gente é assim?
Começou mais cedo do que eu esperava, mas não vou fugir.

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Desculpa se te chamo de amor

"É perceber que talvez amar seja outra coisa. É sentir-se leve e livre. É saber que o coração dos outros não lhe é devido, não lhe pertence, não lhe cabe por contrato. A cada dia você deve merecê-lo. E dizê-lo. Dizer a ele. E perceber pelas respostas que talvez seja necessário mudar. É necessário ir embora para reencontrar o caminho. Fabio que me olha bravo, de pé, diante do portão. E diz que não, que estou errada, que somos felizes juntos. Agarra o meu braço e o aperta com força. Porque, quando alguém que você deseja se vai, você tenta mantê-lo com as mãos e espera assim prender também o seu coração. E não é assim. O coração tem pernas que você não vê. E Fabio vai embora dizendo você vai me pagar, mas o amor não é uma dívida a ser liquidada, não dá créditos, não aceita descontos."

- Desculpa se te chamo de amor (Federico Moccia)

(per)seguidores

No Google+