segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Lágrimas, decepções, desavenças, mágoas...

... você sai dividindo essas coisas com qualquer um? Conta facilmente porque está chateado, triste, amuado?
Eu não.
Quando eu tô assim, tipo: hoje, eu não falo fácil. Normalmente eu tento deixar um sorriso falso no rosto, respondo que tá tudo bem e fico ali, guardando aquilo pra mim ou pra quem "mereça".
É bem mais fácil distribuir sorrisos do que deixar que as lágrimas caiam fáceis...
Eu guardo minhas lágrimas, minhas queixas para quem eu amo, porque sei que continuaram a me amar depois disso. As lágrimas são tesouros, revelados somente pro mais próximos. Revelo-as pra vocês...
E eu tô assim, triste, chorosa, magoada. Não sei se é porque eu quero mais do que as pessoas podem me dar; não sei se é porque sei que vou repetir o mesmo erro do passado, mas insisto em continuar; não sei se é devido meu envolvimento com personagens do livro que estou lendo: O Morro dos Ventos Uivantes; não sei se é só uma TPMzinha...
mas tô triste, quero colo, ou não.

(per)seguidores

No Google+