segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Por que é tão difícil DIZER "eu te amo?"

Tenho notado como é difícil dizer um "eu te amo" quando se ama de verdade ou quando se conhece realmente o amor.
Não quero entrar aqui naquela questão da "banalização do amor": "Hoje em dia todos dizem amar todo mundo, qualquer sentimento de empatia entre pessoas é chamado amor"pra mim, não há nada mais broxante do que ler coisas do tipo na internet, virou modinha... As pessoas não estão preocupadas com a "banalização" e sim em criticar quem faz, quem diz que ama.
Quero falar de como é difícil dizer "eu te amo", quando se gosta tanto de alguém a ponto de amá-la. Partindo do pressuposto de que amor significa:
1. Sentimento que predispõe alguém a desejar o bem de outrem; 2. Sentimento de dedicação absoluta de um ser a outro; 3. Inclinação ditada por laços de família. 4. Inclinação sexual forte por outra pessoa; 5. Afeição, amizade, simpatia.
Eu amo amar, acho que o amor é a palavra-chave da vida, como um carimbo aplicado pelo coração. Todo mundo ama, nem que seja a si mesmo. Dizem que não é preciso falar e sim demonstrar, mas já repararam como é gostoso, agradável saber que existe uma pessoa, entre os bilhões no mundo, que te ama?! Sim, isso é importante!
Antes de prosseguir, uma nota de esclarecimento: NESSE POST TRATAMOS DE AMORES SINCEROS, MESMO AQUELES "IMPOSSÍVEIS" OU QUE SE TRANSFORMARAM COM O TEMPO. O QUE IMPORTA É QUE TENHAM SIDO VERDADEIROS. NÃO SE REFERE AO "AMOR" RESPONSÁVEL PELO ENTROSAMENTO, INTERESSES OU COISA DO TIPO, ISSO MEU CARO, É CARISMA, NO MÁXIMO.
Então desde já, não vou especificar o termo amor, até porque, ainda que tenha cinco significados, todos estão relacionados a um único objetivo: doar-se, amar mais ao outro do que a si. Assim com fez o real significado de amor: Jesus , aquele que começou com os "lances dos carimbos" ;)
Mas sim, retornemos a pergunta, sabe porque é difícil dizer que ama alguém? Porque palavras não são suficientes, porque quando se ama o coração fica dilatado, bobo e você sente o peso das palavras, fica com MEDO de desvalorizá-las.
Particularmente, eu gosto de dizer que amo, assim como gosto de dizer tudo o que sinto, por mais difícil que seja. Eu vivo cada um dos significados (não acredito que o amor se limite só a essas explicações, mas respeitemos nosso coleguinha Aurélio :]). Acredito no amor que liberta, que confia, que respeita. Que é bondade, que por mais que de alguma forma traga junto a dor, prefere senti-la do que proporcioná-la ao outro. Como já disse São Paulo na carta aos Coríntios: "O amor é paciente, o amor é prestativo, não é invejoso, não se ostenta, não se incha de orgulho, [...], não procura seu próprio interesse, [...], não guarda rancor. Tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo supera.".
Peço desculpa pelas vezes que amei mais a mim do que a vocês, é que ainda "estou aprendendo também "... (:
Mas deixo com vocês a pergunta feito por um grande cara:
"E hoje em dia, como é que se diz: 'eu te amo'?"
Renato Russo

Como você diz? Por que é tão dificil de dizer?
Respostas são mutáveis, o amor é permanente.
Eu amo isso,

(per)seguidores

No Google+