domingo, 8 de agosto de 2010

Meme: Conhecendo mais sobre mim

Hoje é domingo e já são mais de 22h, daqui a pouco minha mãe aparece pela porta me mandando dormir e já viu, já começo o recomeço sem post e esse texto vira mais um dos meus eternos rascunhos.

Eu quero: colocar isso em dia e minha agenda também. #Ibelive
Eu tenho: medo.
Eu gostaria de ter: mais disposição para fazer várias coisas. 
Eu gostaria de não ter: essa preguiça de quase tudo.
Eu acho: que sou estranha.
Eu odeio: que as pessoas me tratem como uma menina de 12 anos.
Eu sinto saudades: de quando eu podia ficar de calcinha pela casa.
Eu faço: Serviço Social na UECE.
Eu fiz e não faria de novo: ficar com um menino desconhecido em uma festa. #fail
Eu fazia e deixei de fazer: falar tudo o que me vinha na cabeça, sem pensar, disparando ferimentos em corações.
Eu escuto: um monte de coisa, depende do meu humor, do meu coração, da minha curiosidade.
Eu cheiro: Uma coisa ali. Huahuahua, frescura, não sei.
Eu imploro: à Deus todos os dias, para que as coisas aconteçam de acordo com vontade Dele.
Eu me pergunto: se eu vou ser assim, indecisa, para sempre?
Eu me arrependo: de ser bobona, de tratar mal as pessoas que mais me amam e de ser orgulhosa.
Eu amo: minha família, meus amigos, meus valores, meus princípios.
Eu sinto dor: por ainda não ser totalmente quem eu quero, de verdade.
Eu sinto falta: de uma pessoa, que poderia estar comigo até hoje, se não fosse os caminhos da vida.
Eu sempre: sigo em frente, mas olhando, vez ou outra, para trás.
Eu não fico: morrendo de amores, tudo passa.
Eu acredito: no amor, e nas suas diversas formas.
Eu danço: mal pra caralho, mas morro de vontade.
Eu canto: tão mal, ou até pior quanto danço, mas eu gosto de acompanhar a música.
Eu choro: muito! Sou uma chorona assumida, acho que as lágrimas são as reações da alma, assim como os verdadeiros sorrisos.
Eu falho: em grande parde das coisas que faço. Sou humana. E me perdoo por isso.
Eu luto: pela disseminação dos meus princípios.
Eu escrevo: e gosto! Mas não tenho escrito tanta coisa como antes.
Eu ganho: e gosto também, hahaha. Ninguém gosta de perder.
Eu perco: tempo, o tempo todo.
Eu nunca: fui sozinha, sempre tenho alguém por perto.
Eu estou: levando a vida. Eu estudo, trabalho no IBGE, tenho amigos e vou indo.
Eu sou: antipática, mas cativante.
Eu fico feliz: quando faço algo de coração e vejo a satisfação no rosto do outro.
Eu tenho esperança: de um mundo melhor.
Eu preciso: ler a bíblia, preciso julgar menos, deixar de ser a dona da razão, estudar de verdade...
Eu deveria: tirar uma lição de cada dia da vida.

Meme pegue, como todos, do Poison. Indico para quem quiser, mas em especial pro meu amigo, PF que está de blog novo.

(per)seguidores

No Google+