terça-feira, 1 de novembro de 2011

Ser diferente é normal.


Não, este não é um post de inclusão social.
É defesa de um ponto de vista que tenho.

Bom, hoje li na internet os seguintes dizeres:
Mulher de Sagitário
Se você chegar com um "Essa blusa tá feia?" Ela vai responder simplesmente que "Sim". É muito capaz que quando você pergunte se ela te ama ela venha com um "Amo! Mas às vezes eu penso também se não seria melhor se fossemos amigos...". Elas são tão sinceras que uma hora você vai desejar que elas mentissem. Mas não se acanhe. Quando elas fazem um elogio ou algo do tipo, é mais especial do que o normal porque você sabe que ela está dizendo a verdade. É que ela enxerga o mundo tal como ele é, ainda que por trás das lentes cor-de-rosa. É de se admirar como as sagitarianas conseguem enxergar toda a dureza do mundo e ainda assim acreditar que tudo vai melhorar. Otimistas convictas!
Mas quem avisa amigo é: nunca mande elas fazerem alguma coisa. Peça!! Até a mãe dela tem dificuldade em mandar nessa mulher. Quem é você pra ser mais que a mãe dela né? Mas de vez em quando as sagitarianas gostam de fazer seus testes com as pessoas. Podem vir pra cima de você com algum deles e a pessoa terá que demonstrar que é firme no que diz. Eventualmente a língua das nativas de sagitário acaba se tornando sarcásticas demais e ai é preciso ter mão firme e dar uma de Tarzan.
Ela sente de acordo com a forma que age e pensa do jeito que fala. Sua maneira de ser e dizer acabam provocando mal-entendidos ao longo de sua vida, bagunçando seus sentimentos. Mas é muito provável que ninguém vá saber o que se passa com ela e todos acham que tudo está muito bem. Ela não vai falar mais sobre o assunto que a entristece até porque ela odeia ir até o âmago de qualquer questão que seja. Às vezes é tarde demais para contornar uma situação.
No fundo as sagitarianas são aquelas crianças que acreditam em tudo. Tem uma forma ingênua de ver o mundo o que pode acabar tornando-as presas fáceis para os conquistadores de plantão. Seu cérebro certamente é ágil e lógico. Mas ele não tem qualquer ligação com o seu coração que é tão indefeso quanto sua mente é inviolável.
AH! E sabe aquelas meninas que vem chegando lindas e esplêndidas toda trabalhada na câmera lenta e ai tropeça estabacada no chão? Pronto são elas. rsrs Até assim elas são encantadoras. O seu lado desastrado acaba se transformando uma espécie de espontaneidade avançada.
Mas no fim das contas a realidade é que elas têm profundas desconfianças de relacionamentos. Essa desconfiança, no entanto, não impede que ela seja do tipo que chora em filmes ou guarda todos os bilhetes que você já enviou pra ela. As mulheres de sagitário só precisam que você as deixe viver por si próprias, sem se sentir aprisionada. Em troca ela lhe ofecerá todo o seu amor sincero e idealista. Secretamente ela esconde o fato de que esteve esperando por você: alguém com um belo sonho que pegou em sua mão para guiá-la até as estrelas.

Vamos começar por aqui. Eu sou de sagitário, mas eu não acredito em signos, acho a vida complexa demais pra ser influenciada pelo movimento dos planetas. Tá certo que às vezes eu me reconheço em algumas coisas e são essas coisas que me fazem ler essas coisas. Eu não acho que lendo ou seguindo dicas astrológicas eu possa fazer minha vida melhorar, talvez por isso não tenha melhorado, mas eu leio pra rir das características que todas as pessoas podem ter, independente do mês em que nasceram, das pessoas que se justificam por causa dos seus signos e de quem ainda acredita em receita pra ser feliz.

Nesse texto acima, eu encontrei algumas coisas que podem fazer lembrar-se de mim:
"Quando elas fazem um elogio ou algo do tipo, é mais especial do que o normal porque você sabe que ela está dizendo a verdade." - claro que eu vou tá dizendo a verdade, vou elogiar alguém (de mentira) de graça pra quê? Vou dizer "oi como você tá linda com essa roupa", se a pessoa não tá e vou ter que olhá-la feia outras vezes? Claro que não. Isso não é sinceridade sagitariana, isso é ser inteligente.
"É de se admirar como as sagitarianas conseguem enxergar toda a dureza do mundo e ainda assim acreditar que tudo vai melhorar. Otimistas convictas!" - precisa ser sagitariana pra acreditar nisso? O resto do mundo que não nasceu entre 22 de novembro e 21 de dezembro não tem nenhuma expectativa de melhora? Putaquepariu sociedade, tsc, tsc, tsc.

"Ela sente de acordo com a forma que age e pensa do jeito que fala. Sua maneira de ser e dizer acabam provocando mal-entendidos ao longo de sua vida, bagunçando seus sentimentos." - Tudo isso é culpa de um período? Então me diz quem foi o son of a bitch que escolheu o meu pra ser assim, vou rogar praga e-ter-na-men-te!
"Mas no fim das contas a realidade é que elas têm profundas desconfianças de relacionamentos. Essa desconfiança, no entanto, não impede que ela seja do tipo que chora em filmes ou guarda todos os bilhetes que você já enviou pra ela." - Tá ok, eu me rendo. Eu tenho desconfianças sim em relacionamentos, principalmente sobre minha pessoa. Isso não é um signo, é um carma minha gente!
"As mulheres de sagitário só precisam que você as deixe viver por si próprias, sem se sentir aprisionada. Em troca ela lhe ofecerá todo o seu amor sincero e idealista." - Sim, eu preciso, não gosto de estar sufocada, presa ou aparentemente domada. Não acredito em limitar, gosto de subjetividade e conheço muitos sagitarianos que não são metade da pessoa que eu acredito ser. 

E sim, eu posso estar parecendo cheia de si, mas como eu posso concordar com essa baboseira se as pessoas têm experiências diferentes? É isso que tornam elas idênticas e distintas, e não o mês do ano que elas nasceram; a situação ambientar completamente diferentes; ensinamentos éticos completamente variados e;  principalmente, com sua historicidade e complexidade construída por meio das suas relações. Se o mês do ano define sua personalidade  parabéns, você é alienado e provavelmente, infeliz.

E é aí que vem o segredo, não há receita pra ser feliz! Você pode passar anos lendo o horóscopo todo dia, ou lendo livros do tipo: "Como conquistar o gato dos seus sonhos", mas nada disso vai te fazer feliz, porque felicidade se constrói. E estou começando a acreditar que felicidade é construída todo dia, assim como dizem do casamento, que o cara tem que conquistar a esposa todos os dias, assim também é a felicidade, onde temos que conquistá-la sempre e principalmente, ou melhor, de forma plena, coletivamente.

Fazer feliz te faz feliz e é exatamente quando fugimos da normalidade, do que é convencional, das dicas para iguais para os problemas iguais de pessoas diferentes é que alcançamos o nosso objetivo, muitas vezes, de forma despercebida. 

Hoje eu quero ser feliz, pela pessoa que eu sou, pelas pessoas que eu amo, pelo que acredito e principalmente porque eu acredito, assim como os sagitarianos, que não posso ser definida, nem limitada, porque apesar da minha historicidade é minha dialeticidade e a minha teleologia é que vai dizer quem eu sou.

P.S: Se você não entendeu porra nenhuma do meu ultimo parágrafo vá ler Lukács ;)

(per)seguidores

No Google+