domingo, 31 de janeiro de 2010

"Heroína..."

De acordo com a Wikipédia: "Heroína é uma droga opióide natural ou sintética, produzida e derivada do ópio, extraída do fruto de algumas espécies de papoula. O consumo de heroína faz mal e causa dependência."

1º de janeiro de 2006, consumia pela primeira vez algo que já tinha me dado vontade, curiosidade...

Lógico que isso não é um depoimento de uma narcótica, é apenas o inicio de uma história que mexe comigo, minha droga, que tenho que resistir e lembrar "só mais 24 horas...".

Depois que aconteceu, as coisas foram mudando... Não tivemos mais nada, mas brigávamos com frequência, não nos falávamos às vezes... Ele chegou a dizer que pensou em nós juntos e por orgulho/medo - o velho medo de ser correspondida - fui grosseira, rude, má...

Um ano só convivendo, sem nenhum envolvimento profundo, sem flertes frequentes. Podemos passar anos distantes, cada um vivendo sua vida, que as coisas são controladas. Mas basta se ver, por acaso, sem intenção que tudo renasce.

Ah, um verdadeiro vício, uma droga que foi feita para paralisar todos os meus sentidos. E quando eu acho que vou me entregar de vez à droga, ela me rejeita com classe. Acho que tem sabor de vingança, dá vez que ele quis se legalizar.

Já tive uma quase overdose, mas as coisas passam rápido e ficam guardas na memória. Uma vez por outra, ele relembra o consumo. Me faz querer desistir do tratamento #maldadepura.

Decidi que em 2010, não iria mais acontecer. Mas basta uma conversa fiada para que minha emoção seja maior que minha razão. Odeio ficar na vontade, mas por hoje: Só mais 24 horas. Quem viver verá.

(per)seguidores

No Google+